Seja bem-vindo(a) ao Site Oficial do Santuário São Geraldo Majela         -         Itabira, Minas Gerais - 01 de fevereiro de 2023         -         Acesse nossas redes socais

Itabira, 01 de fevereiro de 2023

INTENÇÕES DO SANTO PADRE Papa Francisco MÊS DE janeiro  .  2023
TODAS AS INTENÇÕES DO PAPA

Janeiro: Pelos educadores

02/01/2023 . Intenções do Papa

Intenção

Pelos educadores

Rezemos para que os educadores sejam testemunhas credíveis, ensinando a fraternidade em vez da competição e ajudando em particular os jovens mais vulneráveis.

Reflexão

A primeira intenção de oração do Papa Francisco para 2023 vai ao encontro dos educadores. O Papa pede para rezarmos para que os educadores sejam testemunhas credíveis do Evangelho na construção de um mundo mais fraterno. Na nossa sociedade, muitas vezes competitiva, é preciso aprender a colaborar. É necessário ensinar os jovens a encarar cada pessoa como um irmão e não como um adversário, aprendendo a trabalhar juntos na construção de um mundo melhor. Em especial, os educadores devem cuidar dos jovens mais vulneráveis. Como afirma a Carta Encíclica “Fratelli Tutti” e o Documento sobre a fraternidade humana em prol da paz mundial e da convivência comum, é essencial criar uma educação integral que ajude a conhecer o outro, diferente na cultura, na língua, nas crenças e na tradição espiritual e religiosa. Uma sã educação promove os valores morais e capacita para se enfrentarem as tendências individualistas, egoístas, conflituais, o radicalismo e o extremismo cego em todas as suas formas e manifestações. As diferenças são uma riqueza. Educar para uma coexistência pacífica no respeito mútuo é o caminho para a fraternidade. Na Carta Encíclica Laudato Si’ é ainda recordada a necessidade de educar para o cuidado da casa comum, indo para além das atitudes ecológicas no dia a dia, ensinando a viver numa convivência colaborativa. Educar significa sobretudo ser testemunhas consistentes, ensinando com a própria vida, porque se comunica muito aos outros na forma como se vive.

Oração

Jesus, bom Mestre, como te chamou o jovem do Evangelho, a tua vida foi testemunho vivo de amor e de acolhimento. Ensinaste-nos com a tua coerência que o amor se põe nas obras fazendo o que dizias e sendo testemunha credível do amor do Pai. Contemplando-te no Evangelho compreendemos que só podemos comunicar aos outros o que vivemos. Por isso te pedimos que ensines o teu estilo àqueles que educam; que eles comuniquem com atitudes concretas, e também com palavras, a fraternidade, o respeito mútuo e o valor da diferença. Que o teu Espírito de Amor infunda neles a tua maneira de proceder com os mais frágeis, ajudando-os a construir uma vida digna enraizada em Ti e aberta aos irmãos e às irmãs. Amén.

Desafios

– Dar testemunho com a própria vida: cultivar um estilo de vida que seja sinal das convicções e crenças de um discípulo de Jesus. – Coerência: Procurar ser coerente na forma como vivemos a relação com os outros, o mundo e o Senhor e aquilo que exigimos aos outros. – Viver a fraternidade: Agir de forma a crescermos em amor e serviço às irmãs e aos irmãos. – Ajudar os vulneráveis: Dedicar tempo a formar e a educar os que precisam de nós. – Comunicar com alegria: Procurar viver com alegria as exigências de cada dia.

Fonte: redemundialdeoracaodopapa.pt