Seja bem-vindo(a) ao Site Oficial do Santuário São Geraldo Majela         -         Itabira, Minas Gerais - 19 de maio de 2024         -         Acesse nossas redes socais

Itabira, 19 de maio de 2024

Evento “Os 7 mergulhos de Naamã” é realizado no Santuário São Geraldo

17/03/2022 . Notícias do Santuário

Aconteceu entre os dias 9 a 15 de março, no Santuário São Geraldo Majela, em Itabira ”Os 7 mergulhos de Naamã”.

Naamã era uma pessoa de destaque, uma vez que ocupava um cargo de grande relevância na Síria. Ele era comandante do exército no período do rei da Síria, Ben-Hadade. Ou seja, ele não era uma pessoa comum; sua posição era de conceito e, portanto conhecido do rei Ben- Hadade.

No entanto, apesar de ser um indivíduo altamente reconhecido pelas suas habilidades, a Bíblia diz que ele era leproso: “… homem valoroso, porém leproso” (II Reis 5,1). Como uma pessoa doente dessa enfermidade devastadora (a lepra), ele ansiava fortemente por uma cura. Ele precisava acabar com aquele sofrimento de forma urgente.

Por ser alguém importante na Síria esse homem acabava tendo algumas “regalias”. Um exemplo disso foi quando as tropas Sírias raptaram uma menina de Israel, e ela passou a servir como escrava da esposa de Naamã. É essa menina que revela como ele poderia se curar da lepra: tendo um encontro com o profeta Eliseu em Samaria.

Naamã ouviu o que a menina disse e levou isso até ao rei da Síria. Eles então enviam uma carta ao rei de Israel pedindo para que ele restaurasse o chefe do exército da lepra. O rei de Israel chega a rasgar as vestes temendo arranjar confusão com o rei da Síria, já que o pedido era muito ousado, e caso não conseguisse resolver esse grande problema, o que era provável, teria sérios atritos com a Síria.

Diante dessa situação, o profeta Eliseu toma conhecimento sobre o desespero do rei, e pede para que Naamã vá encontrá-lo em casa. Naamã então vai com os seus cavalos e o seu carro até a porta da casa do profeta Eliseu, o qual manda um mensageiro atendê-lo e orientá-lo sobre o que deveria ser feito para que fosse curado da lepra. “Então, Eliseu lhe mandou um mensageiro, dizendo: Vai, lava-te sete vezes no Jordão, e a tua carne será restaurada, e ficarás limpo” (2 Reis 5,10). A orientação, portanto trazida pelo mensageiro, dizia que Naamã deveria se banhar sete vezes no rio Jordão para que a pele fosse restaurada da lepra. Daí os 7 mergulhos de Naamã.

Para quem conhece a palavra de Deus, sabe que para Ele não há impossíveis. Ele sara qualquer enfermidade. Porém, Naamã mostrou-se inconformado com a orientação que o mensageiro trouxe; ele acreditava que teria um encontro com o profeta e que o mesmo oraria a Deus para que Ele o curasse. Além disso, pensou que poderia mergulhar em águas melhores, como as dos rios em Damasco. O que Naamã não sabia é que antes de querermos qualquer coisa, devemos obedecer a palavra de Deus. Não adianta acreditar que as coisas vão acontecer da maneira que esperamos. Deus quando age faz tudo conforme a própria vontade.

Apesar desse pensamento inicial, ele ouviu os conselhos de seus oficiais, e fez tudo conforme foi orientado pelo profeta Eliseu. Naamã deu os sete mergulhos no rio Jordão porque acreditou na possibilidade de ficar curado, mesmo sendo um ato simples; o homem sírio ficou livre da lepra. Ele simplesmente obedeceu e obteve sua cura. “Então, desceu e mergulhou no Jordão sete vezes, consoante a palavra do homem de Deus; e a sua carne se tornou como a carne de uma criança, e ficou limpo” (2 Reis 5,14).

Com a intenção de vivenciarmos esta experiência dos 7 mergulhos de Naamã, realizamos a segunda edição deste momento especial em nosso Santuário. A cada dia da semana refletimos sobre um mergulho e para ajudarmos a melhor viver estes dias, acolhemos alguns padres que, através de suas palavras e momentos oracionais, nos levaram a experiência com o Senhor.

A programação teve início todos os dias às 19h com Oração do Terço do Combate seguido da Santa Missa, Adoração e Benção do Santíssimo Sacramento. Nestes dia, contamos com os seguintes temas e presenças: no primeiro dia (9) Mergulho da Escuta, presidiu a Santa Missa, Padre Ueliton Neves da Silva (Pároco); no segundo dia (10) Mergulho do Discernimento, presidiu a Santa Missa, Padre Flávio Motta (Nova Era); no terceiro dia (11) Mergulho da Ação presidiu a Santa Missa, Padre Rosemberg (Santa Bárbara); no quarto dia (12) Mergulho da Sabedoria presidiu a Santa Missa, Padre Ludugério Rodrigues (Bom Jesus do Amparo) no quinto dia (13) rezando Mergulho do Compromisso presidiu a Santa Missa, Padre Edson Vander (Vigário Paroquial); no sexto dia (14) Mergulho do Encontro, presidiu a Santa Missa, Padre Ricardo Caricati (Rio Piracicaba) e no sétimo dia (encerramento) Mergulho do Amor, a Santa Missa foi presidida pelo Padre Ueliton Neves da Silva.

Abençoados foram estes 7 dias de oração, cura e libertação na vida de tantas pessoas que conosco participaram! Deus seja louvado por tudo que vivenciamos. Agradecemos a todas as equipes, todas as pessoas que direta ou indiretamente estiveram envolvidas na realização deste evento. Que Deus os abençoe sempre!

Confira algumas fotos destes dias:

PASCOM
Paróquia Nossa Senhora da Penha