Seja bem-vindo(a) ao Site Oficial do Santuário São Geraldo Majela         -         Itabira, Minas Gerais - 19 de maio de 2024         -         Acesse nossas redes socais

Itabira, 19 de maio de 2024

Padre Zezinho aos bispos: “Ouvir as autoridades eclesiais foi o modo que encontrei de ser catequista”

19/04/2024 . Notícias da Igreja

Em passagem por Aparecida (SP), durante uma das sessões de hoje, dia 17, na 61ª edição da Assembleia Geral (AG) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o padre José Fernandes de Oliveira, SCJ, popularmente conhecido como Padre Zezinho, contou sua trajetória na evangelização por meio da música.

“Eu entendi desde criança que se quisesse fazer comunicação eu teria que ser capaz de dialogar e defender a Igreja”, enfatizou o sacerdote na plenária dos bispos. Apaixonado por leitura, o padre Zezinho afirmou que, em sua juventude, o contato com os textos de Santo Tomas de Aquino e de Santo Agostinho ofereceu a ele a cultura eclesial necessária para evangelizar sempre com espírito de comunhão.

“Ouvir as autoridades eclesiais foi o modo que encontrei de ser catequista”, disse o padre conhecido nacionalmente pelas suas canções de louvor e de atualização dos documentos da Igreja, como ele mesmo explicou ao episcopado resumindo sua missão junto à música católica.

Em suas próprias palavras, o padre dehoniano, escritor e músico brasileiro disse que “ler, ouvir e opinar” configura-se como a tríplice capacidade que os sacerdotes devem ter na evangelização do povo de Deus.

Ao lembrar do modelo de diálogo pacífico de comunicação que orientou sua trajetória musical, Padre Zezinho sublinhou que a obediência ao Papa e aos bispos, e o respeito à CNBB, sempre conduziram seus passos musicais. No final, o episcopado brasileiro, com o Padre Zezinho, cantou “Maria de Nazaré”, uma das clássicas canções de sua autoria.

No vídeo, abaixo, um registro dos bispos cantando: “Maria de Nazaré”

Com colaboração de padre Tiago Barbosa (Sul 1) e foto de Victória Holzbach (Sul 3) - Comunicação 61ª AG CNBB.
CNBB